segunda-feira, 20 de maio de 2013

Esposas e Concubinas (Da Hong Deng Long Gao Gao Gua) 1991



Superficialmente, trata-se da história de Songlian (Gong Li), uma jovem educada, que é atormentada pela sua madrasta para se tornar na quarta concubina de um homem mais velho e rico.
Quando chega a casa deste, descobre que vai compartilhar um pátio, ladeado por casas pertencentes às outras três concubinas do mestre. Em cada noite, o mestre escolhe a concubina com quem vai dormir, que é, então, tratada com o melhor ritual de massagem nos pés. Esta "concorrência" de favores estabelece o cenário para o conflito e a traição. 

Mergulhadas na tradição, as mulheres - juntamente com os seus servos, um dos quais é desesperadamente ciumento por Songlian - são como belas aves numa gaiola, mimadas e alimentadas, mas com pouco mais para passar o tempo. A mais velha, Yuru (Shuyuan Jin) deu ao mestre um filho e é usada para os caprichos familiares. A segunda, Zhouyan (Cao Cuifen), por sua vez, só lhe conseguiu dar uma "filha inútil", mas parece resignada ao seu destino, a terceira é Meishan (Ele Caifei) - também mãe de um filho - e a novata Songlian. 
As alianças da família são como areia movediça, como cada mulher a tentar chamar a atenção do mestre, com táticas por vezes desleais - não importa o quão maldosas poderão ser - a serem uma opção.
Tal como no filme anterior de Yimou, "Ju Dou", a cor é muito importante. Fotografado usando o processo de Technicolor, este dá aos vermelhos uma importância e uma vivacidade adicional. O som é igualmente importante para esta película. O barulho da concubina sortuda a receber as massagem nos pés ecoa através das casas das outras três, que se contorcem de inveja e raiva. Cada personagem é plenamente realizada - excepto o mestre, deliberadamente reduzido a uma figura distante que nunca temos a sorte de conhecer bem. Songlian é, por sua vez, uma heroína trágica, uma jovem perdida e uma bruxa de intrigas, e as outras personagens femininas são igualmente complexas. 
Embora seja um melodrama simples, há muito mais a acontecer à superficie do filme de Yimou. Não é só uma acusação pungente do tratamento das mulheres na China - que aqui são um pouco mais do que animais de estimação mimados, não mais criadoras do seu próprio destino - o filme também pode ser visto como um ataque mais central aos sistemas políticos da China, com as mulheres que representam o "homem comum" forçadas a aderir a "regras" políticas que são tão draconianas que a corrupção é quase obrigada a acontecer. Não é de admirar, então, que fosse um filme inicialmente banido no seu lançamento, mas tal como muitos outros filmes de Yimou, foi muito premiado fora do país, vencendo o Leão de Prata em Veneza, e conseguindo uma nomeação aos Óscares de Melhor Filme em Língua Estrangeira.

Link 
Imdb 

3 comentários:

Hugo disse...

grande filme, já visto há muitos anos :)

LEO disse...

Eu gostava de comprar este filme. Alguém sabe onde posso fazê-lo em Portugal? A FNAC não o tem...

Nuno disse...

Boa tarde.

Gostava muito de ver este filme, Esposas e Concubinas (Da Hong Deng Long Gao Gao Gua) 1991, mas o link actual está direccionado para um site em que o filme não está disponível.
Seria possível fazer um novo upload?

Muito obrigado pelos bons filmes.