sexta-feira, 7 de junho de 2013

Tempestade Mortal (The Mortal Storm) 1940



O cenário é a Alemanha, de 1933, e o estimado Professor Roth (Frank Morgan) comemora o seu 60 º aniversário. Está cercado pelos seus entes queridos: a esposa (Irene Rich), os filhos Freya (Margaret Sullavan) e Rudi (Gene Reynolds), os enteados Otto (Robert Stack) e Erich (William T. Orr). Também estão presentes dois amigos de longa data da família: um dos seus alunos, Fritz Marberg (Robert Young), e o jovem veterinário Martin Breitner (James Stewart). Ambos disputam o coração de Freya, mas é aparentemente Fritz que vence, quando anunciam o noivado. No meio da festa, no entanto, a triste notícia vem do rádio, que Hitler foi nomeado chanceler. O clima à mesa muda imediatamente, e a ascensão do partido nazi vai ter efeitos devastadores sobre esta família, e amizades serão pisadas.
Um dos primeiros filmes americanos a tomar uma forte posição anti-nazi (foi lançado alguns meses antes do filme de Chaplin, O Grande Ditador), é uma declaração eficaz e poderosa, e, apesar de um pouco Hollywoodesca, possui um bom nível de imobilização, conseguindo criar um elevado sentimentalismo, sem fazer o espectador sentir-se intimidado em dar uma resposta emocional. A sequência de abertura estabelece um clima quente e alegre, com um desempenho bem cativante de Morgan. É o tipo de coisas que normalmente viria de um filme de Frank Capra. E isso faz com que os eventos sejam ainda mais trágicos, como a divisão entre os seguidores cegos de Hitler e os que são perseguidos por pensarem livremente, com a sensação de perda a aprofundar-se.
Frank Borzage era a escolha lógica, e única, para dirigir este filme. Tinha feito dois filmes anteriores sobre a ascensão do nazismo, Little Man, What Now? (1933) e Three Comrades (1938), ao passo que nenhum outro realizador chegou sequer perto do tema. Mas, além da sua familiaridade com o assunto, Borzage, um realizador com um "toque" único, pessoal e romântico como era o de Ernst Lubitsch, mas com tons mais profundos, faz com que a queda desta família de uma tragédia pessoal tenha um significado universal. A fractura entre os Roths e os Von Rohns e Fritz não é tão límpida como é frequentemente encontrado em outros filmes do género. 
Os últimos dois ou três minutos de A Tempestade Mortal são infundidos com saudade e esperança. Mas nenhuma emoção é gratuita ou fácil de conquistar, e todas são duramente conquistadas.

Link 
Imdb

Nenhum comentário: