segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Streetwise (Streetwise) 1984



Infelizmente, não há nada de surpreendente no documentário de 1984, de Martin Bell sobre adolescentes que vivem nas ruas de Seattle. Eles tendem a vir de lares desfeitos, com os pais ou padrastos que são alcoólatras, abusivos (fisicamente, emocionalmente, sexualmente) e/ou indiferentes. Eles levam uma vida difícil, a maioria vive de roubos insignificantes, tráfico de drogas ou prostituição. Eles comem nas lixeiras, dormem em prédios abandonados, e têm problemas crónicos de saúde. Violência e abusos são comuns.
O facto de tudo isto ser esperado, não diminui o poder do filme. Estas histórias são tão fascinantes como a maioria das narrativas ficcionais. Muitas crianças diferentes aparecem, mas há cerca de meia dúzia que servem o filme como as personalidades principais. Como a maioria dos adolescentes, eles esforçam-se para agir como adultos. Dadas as circunstâncias, têm de tentar muito mais harduamente. Mas ainda podemos ver neles uma criança, nos seus rostos, nos seus maneirismos, um raro vislumbre de deixar caír toda a dureza exterior.
Um aspecto talvez inesperado é que vários deles ainda têm contacto com os pais. Um visita o pai na prisão. Outro é visitado pela mãe e pela avó nas ruas. A maioria deles, no entanto, invoca as famílias substitutas que construíram em volta de si. Um parceiro de confiança e companheiro é um bem valioso nesta situação. Eles unem-se, protegendo-se uns aos outros de quem poderia explorá-los ...mas também, por vezes, formando uma frente unida contra um assistente social bem-intencionado, com um bom conselho.
Documentário nomeado aos Óscar, foi um dos primeiros a lidar com a crescente situação da falta de moradia entre os jovens. Começou como um artigo na revista Life da fotojornalista Mary Ellen Mark e da escritora Cheryl McCall. Mark e o seu marido, o realizador Martin Bell, voltaram para Seattle para filmar as vidas diárias destes jovens fugitivos. O filme é gravado no estilo cinéma vérité, sem narração guiando o espectador. Bell e Mark encontram um grande grupo de indivíduos dispostos a falar sobre as suas vidas de mendigagem, prostituição, pequenos delitos e drogas.
Martin Bell viria mais tarde a estrear-se nas longas-metragens de ficção com "American Heart" (que também iremos ver neste ciclo), e Tom Waits participou apenas na banda sonora, com autoria de duas canções: "Take Care Of All My Children" e "Rat's Theme").
Sem legendas.

Link
Imdb

Nenhum comentário: