quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Para a Minha Irmã (À Ma Soeur!) 2001



Durante as férias com a família, Elena, jovem de 15 anos, conhece um estudante italiano mais velho, Fernando. Elena está ansiosa para se apaixonar e Fernando, um bem-falante Don Juan, persuade-a a ter relações sexuais com ele. Esta experiência perturba a irmã mais nova de Elena, Anaïs, que é gorda e tem poucas hipóteses de ter um encontro amoroso com alguém. Embora ela tenha ciúmes e se sinta ansiosa pelo caso ilícito da irmã, Anaïs vê-se como uma cúmplice relutante em manter segredo dos seus pais.
Na esteira da polémica causada por Romance (o seu primeiro filme distribuído internacionalmente), Catherine Breillat criou ainda mais polémica com À Ma Soeur!, uma obra que faz um retrato cruel, chocantemente explícito do despertar sexual do adolescente. Tem algumas semelhanças com um filme anterior da realizadora, "36 fillette", que também gira em torno de uma adolescente que está ansiosa para experimentar o primeiro encontro sexual. ! No entanto, aqui, Breillat vai muito mais longe - talvez mesmo muito longe - nesta representação gráfica do defloramento obstinado de uma jovem. O filme mostra o que pode ser legalmente mostrado numa tela de cinema até ao seu limite, e a maioria dos espectadores provavelmente vai achar o filme um pouco ofensivo e perturbador.
Mais uma vez, Breillat não é bem servida por sua afinidade com o controverso. Ao ser assim flagrantemente provocante, o filme diminui em força e poesia, e consegue afastar alguma parte da sua audiência. O brutal final noirish é um exemplo particular da intenção da realizadora ao choque, substituindo o seu julgamento artístico. Este final poderia plausivelmente ser interpretado como uma sequência de sonho, evocado pela mente perturbada da traumatizada. No entanto, ao contrário das sequências de sonho do filme anterior de Breillat, a cena é rodada com um realismo que dá a impressão de que não é um sonho.

Link
Imdb

Nenhum comentário: