quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Cidade em Pânico (Wolfen) 1981


Embora tenha uma pequena parcela de emoções assustadoras e momentos sangrentos, Wolfen é um pouco mais do que um filme de terror-padrão, com temas sobre a decadência urbana e o estado diminuto dos nativos americanos, especialmente como os que tentam adaptar-se a ambientes urbanos. Com o desenvolvimento continuo a produzir mais urbanização, a natureza esforça-se para existir, agarrando-se desesperadamente para sobreviver mesmo em novos ambientes externos. Onde os homens costumavam viver com os animais, agora o homem tem vindo a matá-los para construir edifícios e centros comerciais para dar lucro. Mas o assunto que explora "Wolfen" é muito mais do que isso, a interpretação de Wadleigh do livro de Whitley Strieber assume um contexto político que é pouco vulgar e refrescante para o que de outra forma não poderia ser mais do que um festival de sustos.
Albert Finney é o protagonista como Dewey Wilson, um detetive de Nova York aposentado que regressa  para desvendar o mistério por trás de uma série de crimes macabros que ocorreram na área, com o mais recente a ser o de um casal rico, Christopher e Pauline van der Veer. Devido à natureza complexa dos crimes, Wilson procura ajuda numa especialista em terrorismo (Diane Venora), um policia (Gregory Hines), e um excêntrica zoólogo (Tom Noonan).
Wolfen é um thriller que não se encaixa facilmente em qualquer género definido. É visto, principalmente, como de terror, mas como o mistério que está por trás dos crimes a desvendar-se, encontramos elementos de suspense e fantasia. É uma experiência irregular, mas tem as suas recompensas, e a natureza peculiar do que pode, provavelmente, ser atribuída à experiência anterior do realizador da contra-cultura, Michael Wadleigh, cujo trabalho anterior inclui o documentário profundamente influente, Woodstock.
Com interpretações agradáveis ​de ​todo o elenco e um interessante ponto de vista dos efeitos especiais (sequências a lembrarem as usadas ​​mais tarde no filme Predator), Wolfen é um tipo de thriller de horror completamente diferente, que vai agradar aos espectadores cansados ​​dos filmes de terror habituais.
Tom Waits tem um papel muito secundário, como pianista num bar, e também colaborou na banda sonora com o tema "Jitterbug Boy".

Link
Imdb


Nenhum comentário: