sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Mona: The Virgin Nymph (Mona: The Virgin Nymph) 1970


Mona tem namorado, mas quer permanecer intocada até ao casamento. No entanto, desde a infância que ela tem um fascínio por sexo oral, o que tem sido do agrado do seu noivo. Ele organiza uma festa de sexo onde Mona tem muitas oportunidades para melhorar a sua capacidade neste campo.(se é que me estão a entender).
A explosão da pornografia - a fisicalidade no grande ecrã, e a passividade do público - cabem na contradição da heroína do título. A primeira cena filmada do ponto de vista voyeur, por trás dos arbustos com a câmera na mão fixa sobre um casal a fazer carícias. O coito é interrompido quando Mona (Fifi Watson) lembra o namorado (Orrin Norte) que o seu hímen tem de permanecer intocável até à sua lua de mel. Mas porquê esta fixação oral? Um flashback mostra-nos a protagonista sem vermos o rosto do velho pai, com a câmera panorâmica a enquadrar a boneca de pano, para que não restem dúvidas sobre o que está a acontecer.
Produzido por Bill Osco e dirigido por Michael Benveniste e Howard Ziehm, embora o filme seja exibido sem créditos, devido a preocupações legais. O lucro deste filme ajudou a financiar posteriormente Flesh Gordon, dos mesmos realizadores. Um filme bem mais "straight", que se tornou numa obra de culto, durante os anos 70. A mesma equipa também produziu outro filme para adultos, Harlot (1971) e Bill Osco mais tarde veio a produzir o famoso "Alice in Wonderland: An X-Rated Musical Fantasy" (1976), que também veremos neste ciclo.
Mona the Virgin Nymph foi o primeiro filme pornográfico a ter honras de grande lançamento nos cinemas dos Estados Unidos, na sequência da temática da década anterior de filmes de nudismo (chamados de "Beaver Movies"). "Mona" abriu caminho para futuros filmes com sexo explícito para serem estreados nos cinemas, e serviu de modelo para muitos filmes do género. Na verdade, até "Garganta Funda" veio aqui buscar muitos elementos, dois anos depois.  
Foi filmado em três dias com um orçamento de cerca de 5.000 dólares. Incrivelmente, foi estreado em grandes cidades dos Estados Unidos (como San Francisco e Nova York) sem nunca ter sido banido ou silenciado.

Link  
Imdb

Nenhum comentário: