quarta-feira, 6 de novembro de 2013

A Invasão dos Discos Voadores (Earth vs. the Flying Saucers) 1956



Hugh Marlowe interpreta o Dr. Russell Marvin, um cientista de topo no programa espacial dos Estados Unidos. Ele está no comando do Projeto Skyhook, uma operação de lançamento de uma série de satélites em órbita da Terra. Ele e a noiva Carol (Joan Taylor) ainda estão no rescaldo da lua de mel quando regressam à base Skyhook no deserto da Califórnia, e avistam um enorme Ovni, a voar a baixa altitude. Só mais tarde é que Marvin percebe que os aliens estavam a tentar mandar-lhe uma mensagem, alertando sobre um ataque iminente ao nosso mundo, a menos que os líderes mundiais se reunissem para negociar com os extraterrestres. Entretanto é tarde demais - a base Skyhook é destruída por um Ovni, o pai de Carol, um importante general do Exército (Morris Ankrum), é capturado por alienígenas vestidos com uma estranha armadura. Marvin e a esposa são os únicos sobreviventes da catástrofe.
Entre os medos da Guerra Fria e a ansiedade e uma epidemia de avistamentos de Ovnis, um produtor viu-se na eminência de combinar os dois mundos. Folheando um best-seller de não-ficção de Donald Keyhoe, "Flying Saucers from Outer Space", o produtor Charles Schneer viu um potencialmente lucrativo filme de série B. Schneer convidou Ray Harryhausen, um animador de stop-motion, que já tinha conseguido sucessos como "The Beast from 20,000 Fathoms" e "It Came From Beneath the Sea", de 1953 e 1955, respectivamente. Harryhausen iria fazer todos os efeitos do disco voador, anima-los em vôo para destruirem vários monumentos e marcos de Washington. Harryhausen trabalhou sozinho, uma decisão que resultou num processo de pós-produção demorado.Schneer também contratou Curt Siodmak, um imigrante alemão prolífico cuja carreira em Hollywood abrangeu quatro décadas e mais de cinquenta argumentos, incluindo The Beast with Five Fingers, I Walked with a Zombie, Frankenstein Meets the Wolfman, The Invisible Man Returns, para escrever o argumento. Apesar da sua fama e experiência, há pouco neste filme que sugere um escritor talentoso. Schneer deu o livro de Keyhoe a  Siodmak, com a premissa e a direção a seguir. As ordens eram para seguir "The War of the Worlds" de perto, e com um prazo apertado. 
Os efeitos especiais liderados por Ray Harryhausen são divertidos, e dos melhores que foram feitos na década de 50, e até mesmo para os padrões actuais são convincentes. Em suma, o filme tem quase todos os clichés da ficção científica, mas tudo é feito de forma competente e divertida, o ritmo é rápido e eficiente.

Link 
Imdb 

Nenhum comentário: