domingo, 17 de novembro de 2013

Garganta Funda (Deep Throat) 1972



A tendência do "porno chic" na década de 70 caracterizou-se por três grandes filmes: The Devil in Miss Jones, Behind the Green Door, e Deep Throat. Tal como os outros dois, Garganta Funda oferecia muito mais do que sexo, sexo e mais sexo. Conseguia tirar alguns momentos cómicos muito bem sucedidos, muitos deles fornecidos por Harry Reems como o médico que descobre a condição bastante rara de Linda e sugere um programa inovador para tratá-la. A estrela , Linda Lovelace, tornou-se num nome familiar, assim como pessoas respeitáveis iam ao cinema ver este filme sob o pretexto ou artifício de ver um filme de arte.
Diga-se o que quiser sobre Lovelace e o rumo que a sua vida tomou, e as contradições posteriores que ocorreram por causa dela, mas aqui ela está absolutamente em forma. Embora não seja a mulher mais atraente para se ver nua, certamente que tinha outras "habilidades". O filme tornou-se um fenómeno graças a ela. O realizador, Gerard Damiano, fez um filme adulto bem ritmado e agradável que levou o porno para fora do underground e colocou-o nos cinemas, onde esteve em exibição vários anos.  
A maior parte dos créditos têm de ir para Lovelace e, em menor medida, para Reems, porque existe uma grande química entre eles no ecrã. Deram ao filme um pouco de credibilidade, e toda a coisa da "girl next door" que Lovelace representa no filme, provavelmente ficaria gravado no subconsciente da psique do típico homem americano, combinado com o facto de que o filme é principalmente sobre sexo oral, algo que todos os homens gostam.
O filme quebrou recordes, e fez uma grande controvérsia. O F.B.I. envolveu-se por causa da máfia da produção, e alguns dos problemas que surgiram, e que estão na área cinzenta da história do cinema. A direita religiosa fez um ataque quando o filme foi um sucesso e os grupos de defesa dos direitos das mulheres continuam a protestar contra o filme alegando que Lovelace foi forçada, com uma pistola apontada, para interpretar no filme (baseado nas suas próprias declarações, que mudaram diversas vezes antes da sua morte prematura). Apesar de tudo isto, Garganta Funda continua divertido, charmoso e sexy - algo que a pornografia moderna não é. Não é o melhor filme erótico de todos os tempos, mas bateu no lugar certo e na altura certa e, como tal, não há realmente nenhuma dúvida de que é o mais importante e com maior impacto de todos os filmes pornográficos.

Link 
Imdb 

Nenhum comentário: