sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

The Fate of Lee Khan (Ying Chun ge Zhi Fengbo) 1973



"The Fate of Lee Khan" mostra mais uma vez o talento impecável de Hu para criar drama a partir de um único cenário. Um thriller de espionagem com ecos de Os Sete Samurais, de Kurosawa, o filme narra um confronto tenso entre guerreiros de diferentes lados de uma guerra civil, numa pousada rural. Hu preenche a primeira metade do filme com uma boa dose de humor à medida que vai introduzindo os personagens, amplia logo o suspense como novos convidados que chegam com intenções desconhecidas. Ao contrário dos épicos de artes marciais anteriores de Hu, The Fate of Lee Khan é maioritariamente filmado dentro de uma casa, dando ooportunidade ao realizador para mostrar a sua mestria na mise-en-scène e de experimentar coreografias de acção limitadas um circuitos fechados
Se alguma vez dois estilos pareciam combinar mal, eram o thriller de pressão e o filme de acção de artes marciais: lutadores precisam de espaço para se mover. Fazer filmes de ação passados em volta de pousadas já era habitual na filmografia de de King Hu, mas pela primeira vez ele resume toda a acção dentro de quatro paredes, e consegue um saldo impressionante de intriga e acção.
É principalmente um filme de espionagem, o que significa que Li Li-hua tem de ser diferente de muitas das heroínas Swordswoman de Hu - é mais velha, mais calculista, e mesmo mais charmosa. Li interpreta uma veterana maravilhosamente bem, dando a Wen uma personalidade de aço. Das quatro empregadas que fazem parte da pousada, Angela Mao, mais tarde, tornar-se-ía uma das heroínas de artes marciais mais conhecidas do período, especialmente depois de aparecer como a irmã de Bruce Lee em Enter the Dragon. Ela tem o maior papel do quarteto.
Legendas em inglês.

Link 
Imdb 

Nenhum comentário: