domingo, 8 de dezembro de 2013

Sentimento (Senso) 1954



Ninguém diria que "Senso", um banquete visual em technicolor na tradição dos melodramas histórico-épicos, seria do realizador Luchino Visconti, um dos principais arquitetos do neo-realismo italiano na década de 1940. Na verdade, o seu filme de 1942 "Ossessione", uma adaptação não autorizada do romancista norte-americano James M. Cain, do livro "O Carteiro Toca Sempre Duas Vezes", é geralmente considerado o precursor mais importante do neo-realismo (o tom escuro, a sensualidade a concentrar-se sobre a corrupção humana mereceu a ira de Mussolini). Ele também realizou La trema terra (1948), que foi filmado inteiramente em exteriores numa pequena vila de pescadores sicilianos, e é geralmente considerado uma das melhores obras-primas neo-realistas.
No entanto, quando pensamos em Visconti, hoje, o neo-realismo não é a primeira palavra que vem à mente. Pelo contrário, é a decadência, ópera, ou melodrama, que também poderiam ser usados para descrever Senso. Um épico de vários milhões de dólares de grande pompa histórica, Senso foi o quarto filme de Visconti, o seu primeiro a cores e também um dos primeiros filmes a cores feitas em Itália. Sempre um perfeccionista, Visconti filmou substancialmente acima do orçamento programado além de demorar mais tempo na produção do que estava previsto, criando uma série de imagens viscerais, que perduram na mente muito tempo depois do filme ser visto, seja do lindo interior do Teatro La Fenice, em Veneza ou das linhas de soldados a avançarem em conjunto através de um campo (dois assistentes de realização de Visconti foram Francesco Rosi e Franco Zefferelli).
Para muitos, Senso é exatamente o oposto do minimalismo e da narrativa foco tecnológica do neo-realismo sobre a vida dos italianos comuns nos anos do pós-guerra. No entanto, são precisamente as raízes de Visconti no neo-realismo que tornam Senso tão bom, por debaixo das suas superfícies deslumbrantes e design de produção sunptuoso, e tem no coração uma história profundamente comovente sobre a guerra entre o compromisso político e a ansia romântica. Por outras palavras, é profundamente humano. Visconti está claramente a trabalhar num registo diferente, que está sem dúvida mais sintonizado com a sua origem aristocrática e a trabalhar como um diretor de teatro e ópera (não é por acaso que ele começa o filme durante a produção de Il Trovatore, de Verdi).
A história tem lugar em Veneza durante o Risorgimento, uma revolução política e social que durou décadas, abrangente, que culminou com a unificação da Itália em 1861. A protagonista é a condessa Livia Serpieri (Alida Valli), cujo marido, o muito mais velho Conde Serpieri (Heinz Moog), colabora com a ocupação da Áustria. Livia, que é uma mulher com idéias muito próprias, e não compartilha da conveniência política do marido, e, em vez disso ajuda o seu primo, Roberto Ussoni (Massimo Girotti), um dos líderes da resistência. No entanto, o compromisso de Livia à causa é testado quando ela se apaixona por Franz Mahler (Farley Granger), um tenente austríaco jovem e bonito, que, ironicamente, seria o responsável por Roberto ser exilado. Ela e Franz caem num tórrido romance (cujos ecos irónicos de Romeu e Julieta são reforçados por referências regulares à cidade vizinha de Verona), que continua mesmo quando a guerra total irrompe entre a resistência e o exército italiano e austríaco.
Senso não foi particularmente bem recebido pela crítica e pelo público italiano, quando foi lançado pela primeira vez, e não foi visto nos Estados Unidos até o final da década de 1960 porque a associação de Visconti com o comunismo fez que o seu trabalho fosse praticamente impossível de ser distribuido durante a era McCarthy, mesmo com uma estrela americana no elenco, Farley Granger, que tinha trabalhado com Alfred Hitchcock e Nicholas Ray, além da contratação do dramaturgo Tennessee Williams para ajudar a escrever o diálogo em língua Inglesa. Muitos críticos viram o filme como muito superficial, como se não houvessem corações verdadeiros a bater sob todos aqueles vestidos de baile lindos e uniformes militares afiados. Mas estas seriam opiniões que mudariam através dos tempos.

Link
Imdb

Nenhum comentário: