terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Chá Forte com Limão (Chá Forte com Limão) 1993


Verão de 1970. A velha proprietária da fidalguia provinciana Raquel, habita num casarão antigo, com o mordomo e poucos criados, sem abandonar os limites rurais. Entre os vagos amigos que a visitam, chega um dia Adriana e a sua afilhada, Ermesinda. Adriana viveu na mansão há 15 anos, tendo saído por razões que se desconhecem. Raquel convida-as a passarem 15 dias. Recomeçam, assim, as tardes de estranhas quimeras, mas o reencontro das duas mulheres não esconde certa reservas, uma ambiguidade onde se afloram antigas feridas.
Chá Forte com Limão é a última longa-metragem de António de Macedo até à data. Com argumento e montagem do próprio realizador - uma constante, aliás, de todos os seus filmes - é  aparentemente uma ghost story, de ambientação romântica, pretexto para o realizador descrever sucessivas etapas iniciáticas das personagens envolvidas. Reconhecendo ser um "atormentado pelo cânone narrativo", presiste na sua busca incansável daquilo a que ele chama "os velhos canônes": "Para mim o grande mistério consiste em saber como se escreve compõe qualquer coisa de maneira que, em cada momento, o espectador esteja interessado, não no que está a ver, mas naquilo que ele imagina, quer ou deseja ver a seguir.. É a isto que eu chamo o cânone clássico". O filme recebeu o Prémio Internacional CICAE 1993.
Jean-Pierre Cassel faz parte do elenco.

Link
Imdb

Sem comentários: