quinta-feira, 1 de maio de 2014

Son of Godzilla (Kaijûtô no Kessen: Gojira no Musuko) 1967



Experiências com radiação numa ilha criam louva-a-deus e aranhas gigantes. Os cientistas também descobrem um ovo gigante, que depois de chocado revela-se ser o filho de Godzilla. Com muitos monstros desagradáveis à espreita, cabe a Godzilla proteger o seu querido filho.
"Son of Godzilla" foi realizado em 1967, naquele que é considerado o ano do boom dos filmes "Kaiju", já que todos os quatro maiores estúdios japoneses lançaram um, ou mais, filmes de monstros. Este, com "King Kong Escapes" eram produções da Toho, com o seu maior rival, a Daei, a produzir o terceiro filme da série Gamera, lançado no Ocidente como "Return of the Giant Monsters". Os estúdios Shochiku e Nikkatsu também lançavam os seus filmes.
Com tantos rivais, e numa tentativa de fazer a série Godzilla mais atraente para o público mais juvenil, os Toho lançaram a pequena criatura Minya, o filho de Godzilla, que é aquilo que se pode chamar de "um enorme chato". Assim nasceu um dos piores pesadelos para o terrível monstro, que em vez de destruir Tóquio ou derrotar invasores extraterrestres, tem agora de manter e proteger o filho longe do perigo, coisa que ele não consegue fazer. Esta era assim a entrada mais cómica na série até então.
Aqui, Godzilla é mais uma personagem de desenhos animados do que a besta feroz que em tempos foi, o boneco que é o filho de Godzilla também é uma figura bastante cómica, e o filme vale por isso mesmo, e deve servir-se como uma curiosidade apenas.
Legendas em inglês.

Link
Imdb

Nenhum comentário: