sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Alguém Anda a Matar os Grandes Chefes da Europa (Who Is Killing the Great Chefs of Europe?) 1978



Max (Robert Morley) é um "chef" europeu decadente, e a concorrência é um enorme perigo. Quando outros grandes "chefs" são encontrados mortos, assassinados de acordo com a especialidade de cada um, por exemplo, o "Chef" dos frutos do mar é encontrado afogado, Max passa a ser o principal suspeito.
Entretanto, a sua ex-mulher (Jaqueline Bisset), também ela "chef" de cozinha, começa a ser reconhecida, e ele temendo pela vida dela, começa uma busca pelo assassino.
Ted Kotcheff dirige este agradável filme sobre mistério no mundo da culinária baseado num livro de Nan e Ivan Lyons, chamado "Someone is Killing the Great Chefs of Europe", que possui uma grande abundância de cenas de deixar água na boca, e onde pratos de tirar o fôlego são meticulosamente preparados. Também temos direito a uma boa parcela de gore, à medida que cada chefe é morto de acordo com a sua especialidade. Enquanto estamos bastante certos de que sabemos quem é o principal suspeito, existe uma subtrama romântica entre Bisset e George Segal, que ajuda a levar o filme para a frente. Robert Morley está maravilhoso como o obeso mórbido cujo amor pela boa comida coloca em risco a sua própria vida (ele conseguiu uma nomeação para os Globos de Ouro para melhor actor secundário com este filme). O filme conta ainda com aparições de alguns notáveis actores franceses, como Philippe Noiret e Jean Rochefort.
Ted Kotcheff mantém o nível muito eficazmente, a um ritmo bastante acelerado. Faz um grande uso de restaurantes de luxo, e outros cenários de Veneza. Uma comédia muito divertida.

Link
Imdb

Nenhum comentário: