segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Summer Soldiers (Samâ sorujâ) 1972

Drama japonês que lança um fascinante olhar sobre as relações entre os soldados americanos e os desertores no Japão, durante a guerra do Vietname. Muitos dos soldados que desertaram fugiram para Tóquio, alguns não quiseram voltar para o seu país de origem, e acabaram por ser acolhidos por famílias japonesas. A história centra-se nas diferentes experiências de um desertor exausto, e de um soldado entusiasta.
"Summer Soldiers" é um filme inteligente, a sangue frio, que se recusa, bravamente, a lidar com o tipo de histeria que negava a intenção de outros filmes anti-guerra. Teshigahara, e John Nathan, o americano que escreveu o argumento, escreveram um filme anti-guerra, a milhares de kilómetros de qualquer frente de batalha, em termos de choques culturais, da psicologia da solidão, e das pessoas que trabalham os objectivos com as melhores das intenções.
Pela primeira vez, o próprio Teshigahara tratou da fotografia de um filme seu, e recorreu a uma espontaneidade muito mais crua na sua escolha e direcção dos actores. Há uma sensação quase documental no filme, que parece um pouco datado no tempo, mas depois dos filmes cada vez mais claustrofóbicos e sufocantes que o realizador fez com Abe, este filme acabava por ser uma refescante mudança de ares.
Legendas em inglês.

Link
Imdb

Nenhum comentário: