domingo, 9 de agosto de 2015

Female Prisoner #701: Scorpion (Joshû 701-gô: Sasori) 1972

Violada por um gang da Yakuza, sacrificada e traída pelo polícia corrupto a quem ela inocentemente entregou a sua virgindade, Nami Matsushima (interpretada pela deslumbrante Meiko Kaji), encontra-se numa prisão feminina, vigiada por guardas monstruosos, determinados a esmagar a sua indomável vontade de vingança. Matsu, também chamada de Escorpião pelas suas colegas da prisão, procura não apenas vingança contra os homens responsáveis pela sua queda em desgraça, mas também a justiça contra os seus atormentadores dentro dos muros da prisão.
Primeiro de uma série de quatro filmes com a bela e feroz Meiko Kaji como protagonista, na pele de uma mulher prisioneira. Embora seja essencialmente um filme sobre mulheres na prisão, cobre um terreno muito mais amplo do que a exploitation, e fá-lo num estilo muito próprio. O filme cai rapidamente num sub-género do cinema japonês muito popular nos anos 60 e 70, o Pinky Violence. A história está cheia de nudez e violência, mas pelo menos existe algum contexto ou razão adicional para essas cenas.
Realizado pelo estreante Shunya Itô, que dirigiu os três primeiros filmes da série. Foi uma série muito popular no Oriente, durante a década de 70.

Link
Imdb

Nenhum comentário: