segunda-feira, 30 de junho de 2014

A Voz do Desejo (Baby Doll) 1956



A viver em Tiger Tail County, Mississippi, Archie Lee Meighan um homem de meia idade, e a jovem de 19 anos "Baby Doll" Meighan, estão casados há quase dois anos. O casamento não é baseado no amor, mas em obter o que precisam um do outro. Segundo o acordo que fizeram têm de consumar o acto do casamento quando ela fizer 20 anos, o que vai acontecer em três dias, o acto para o qual Baby Doll não está preparada, pois não está minimamente atraída por Archie. A sensualidade de Baby Doll provoca os outros homens, e eis que surge na vida deste casal Silva Vacarro (interpretado por Eli Wallach).
Esta adaptação do romance "Baby Doll", de Tennessee Williams, é possivelmente o filme mais sujo, e mais sexual, sem conter um único momento de nudez, ou mesmo uma única linha no diálogo de cariz sexual. A heroína do mesmo nome, é uma jovem virginal e infantil, de 19 anos de idade, interpretada pela sensual Carroll Baker, casada com um falhado dono de uma plantação (Karl Malden)
A implementação da tensão sexual no filme é magistral, empurrando para os limites na tela, na altura. No centro do filme está aquilo que podemos chamar de uma cena de sexo, alcançada inteiramente através de uma conversa entre Vacarro e Baby Doll. A câmera de Kazan aproxima-se progressivamente, à medida que o diálogo se altera, para motivações mais pertinentes, e a urgente sexualidade desta cena é expressa inteiramente na face angelical de Baker, e no sorriso maroto de Wallach. O valor gerado por estes dois é palpável, e a cena funciona gradualmente como um longo caminho para um orgasmo.
Tennessee Williams e Elia Kazan tinham trabalhado juntos cinco antes, em Um Eléctrico Chamado desejo, e as expectativas eram altas. Enquanto foi um fracasso financeiro derivado da controvérsia, também recebeu bastantes criticas favoráveis. Foi nomeado para 4 Óscares, incluindo uma para Carroll Baker, então com 21 anos, e para o próprio Tennessee Williams na autoria do argumento.

Link
Imdb

Nenhum comentário: