sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Marebito (Marebito) 2004



"Um cameraman obcecado pelo medo (Shinya Tsukamoto) investiga uma lenda urbana que envolve misteriosos espíritos que assombram os longos e sinuosos túneis subterrâneos em Tokyo…
O resumo apresentado na sinopse abre um pouco o apetite cinéfilo para visualizar o filme de Takashi Shimizu, Marebito, criador da aclamada obra de terror Ju-Hon. Embora, na minha opinião, Ju.Hon seja um filme sofrível enquadrado no âmbito do género J-Horror, Marebito pauta-se como uma agradável surpresa, um filme de terror psicológico na sua verdadeira essência.
Tendo como protagonista principal o realizador de culto Shinya Tsukamoto (Masuoka), Marebito é uma viagem progressiva ao subconsciente de um homem perturbado e obcecado pela natureza do medo, viagem essa apresentada sempre pelo ponto de vista do protagonista, quer pela sua voz-off, (a voz do pensamento) quer através da sua câmara, instrumento que utiliza para captar a essência do medo, capaz de transmitir uma atmosfera claustrofóbica, principalmente nos túneis subterrâneos.
Após o suicídio de um homem registado pela sua câmara, Masuoko decide deambular pelos túneis subterrâneos de Tokyo, tentando encontrar as respostas ao porquê de o homem ter o medo estampado no olhar, momentos antes do suicídio. Lá encontra um ser feminino, jovem, bonita e completamente nua, que se alimenta de… sangue. Masuoko leva-a de volta ao seu apartamento e cuida dela... E mais não conto, pois estaria a estragar a visualização de Marebito, uma vez que os ambientes Lynchianos e de Cronemberg que existem implicam interpretações diferentes de pessoa para pessoa.
Com uma narrativa bastante segura, Takashi Shimizu constrói um pequeno filme de terror psicológico que se consegue afastar um pouco dos estereótipos do J-Horror, trazendo um pouco de frescura ao género. Filmado em apenas 8 dias (!) e apesar de algumas limitações a nível de efeitos especiais, Marebito pauta-se como um excelente estudo sobre a alienação num meio urbano e uma das melhores propostas do cinema alternativo asiático. Perturbante e bizarro, Marebito vale bem a pena para quem estiver disponível em encontrar a natureza do medo…", por Sérgio Lopes, daqui.

Link
Imdb

Nenhum comentário: