sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Austeria (Austeria) 1982

Verão de 1914. Primeiro dia e noite da grande guerra. Um grupo de refugiados judeus encontra-se preso numa pousada fronteiriça: representantes da rica burguesia e dos camponeses pobres, radicais políticos e radicais religiosos...Um confronto das atitudes das pessoas numa situação de incerteza e perigo. Apenas Tag, o velho e sensato porteiro, mantém uma calma estoica. Com os seus dons para o drama psicológico íntimo Jerzy Kawalerowicz pinta um retrato vivo de um mundo desaparecido, os judeus polacos com as suas crenças, tradições, e humor original...
Debaixo do regime Comunista na Polónia (1944-1989) não havia uma livre discussão sobre etnias ou minorias: não só sobre os Judeus e o Holocausto, mas também sobre as minorias ucranianas, bielorussas ou alemãs. O partido comunista polaco fabricou uma visão de propaganda de uma nação homogénea, "unida sob a sábia liderança do Partido dos Trabalhadores". Isto criou uma visão distorcida e falsificada da história, porque a Polónia sempre foi multiétnica e multicultural, desde o inicio. "Austeria", de Kawalerowicz, era tão importante para a cultura polaca do pós-guerra porque era uma das poucas excepções, quando durante um curto período de liberalização, os artistas foram autorizados a dizer a verdade. 
A história por trás de "Austeria" está cheia de dificuldades e drama. O filme não é apenas um tributo a um mundo que foi irrevogavelmente destruído mais tarde pelo Holocausto, mas também é um testemunho da tenacidade do realizador, que lutou 15 anos para conseguir fazer o filme.
Imdb

Nenhum comentário: