sábado, 24 de dezembro de 2016

A Lei da Terra (A Lei da Terra) 1977

"Após o 25 de Abril de 1974, e durante cerca de dois anos, o cinema português defrontou-se com uma larga solicitação pelo real imediato, pelas lutas e questões do quotidiano político-social, originando um "cinema de intervenção" que se queria arma e companheiro do período revolucionário que então se vivia. 
Tal cinema tem o interesse do documento mas tem frequentes vícios, simplismos, imaturidades. No caso da Reforma Agrária, processo quente e decisivo das alterações políticas em curso em Portugal, muitos quilómetros de película se gastaram, mas poucos souberam organizar-se com a coerência ideológica, o apuro técnico, ea lucidez bastante para merecerem atenção.
Um filme que soube fazê-lo, já no reflexo das movimentações revolucionárias, foi "A Lei da Terra", historial e reflexão (de 1974 a 1976) da Reforma Agrária.
Assinado colectivamente (mas atribuído, em algumas fontes filmográficas, a Alberto Seixas Santos), "A Lei da Terra" tem o condão de analisar, com uma certa distância (não des-solidarizada), as contradições, avanços, bloqueios, e dúvidas geradas no interior do vasto processo da Reforma Agrária, constituindo uma abordagem bastante atenta, lúcida, informada e reflectida, um dos melhores momentos do "cinema de intervenção" que aqui se produziu."
Texto de Jorge Leitão Ramos.
Imdb

Nenhum comentário: