segunda-feira, 28 de abril de 2014

Godzilla Raids Again (Gojira no Gyakushû) 1955



Na segunda entrada da série, um novo monstro é introduzido para lutar contra Godzilla. A nova criatura chama-se Anguirus e é parecida com uma tartaruga gigante. Os dois monstros travam uma batalha épica, devastando tudo o que aparece no caminho.
Um ano depois do estrondoso sucesso de "Godzilla" da Toho ter tomado o mundo com uma tempestade, era preciso capitalizar o sucesso do monstro, e rapidamente a produtora japonesa começou a trabalhar numa sequela. Realizada por Motoyoshi Oda, não era um filme que quisesse apanhar a culpa e a tristeza de uma nação a recuperar da devastação da Segunda Guerra Mundial e a denotação da bomba atómica, mas é o filme "kaiju" determinado a mostrar uma maior onda de destruição. "Godzilla Raids Again" era o primeiro filme da série "Godzilla" a colocar o lendário monstro contra outra criatura poderosa, algo que seria habitual no posterior trabalho da Toho. A destruição não chega sequer perto da autenticidade do primeiro filme (vamos chamar-lhe autenticidade), e as sequências de destruição em miniatura parecem mais vocacionadas para preencher o tempo do que causar arrepios. 
O filme de Ishiro Honda estava dirigido para o grande espectáculo, e tinha uma forte presença humana e uma tristeza meditativa que atiravam a destruição radioactiva para segundo plano. Esta sequela não faz uma abordagem tão subtil, e o filme lança-se de cabeça na destruição, e nunca olha para trás. 
Para trás fica o tom sério e corajoso do primeiro filme, e o evento principal, que é a batalha dos dois monstros, não é executada da melhor forma. Fica uma sequela para os curiosos.
Legendas em inglês. 

Link
Imdb

Nenhum comentário: