sexta-feira, 3 de abril de 2015

Uma Mulher Só (An Unmarried Woman) 1978



Erica (Jill Clayburgh) parece viver uma vida perfeita, até ao momento em que o marido sai de casa para ir viver com outra mulher. Com a ajuda de um terapeuta, e dos amigos, ela aos poucos vai recuperando e reconstruindo a vida.  Até chega a pensar iniciar outra relação.
"An Unmarried Woman" é um dos filmes pivots sobre as mulheres liberais da década de 70, um dos mais interessantes filmes de Paul Mazursky, e o coroamento para a actriz Jill Clayburgh, que consegue aqui uma das melhores interpretações da sua carreira.  Ao comandar as operações no papel de protagonista, ela consegue projectar emoções tão díspares como alegria, frustração, raiva, confusão, e uma série de outros sentimentos ao passar para a vida de solteira. Os homens à sua volta também têm grandes interpretações: como Michael Murphy no papel do seu ex-marido fraco mas amoroso, Cliff Gorman como o swinger chauvinista com quem ela tem um caso, e Alan Bates como o artista ideal por quem ela se apaixona.
Este é também um dos grandes filmes sobre Nova Iorque. Os exteriores não são os locais habituais que costumamos ver nos filmes sobre esta cidade, mas o pano de fundo deste filme, acaba por ser uma personagem em si. Quando a nossa heroína tem de reencontrar o seu lugar no mundo, depois de mudar de repente uma vida que tinha construído para sim, não poderia encontrar melhor lugar para desencadear esta luta.
Este seria o final da fase de ouro da filmografia de Paul Mazursky, apesar de na década de oitenta ter filmado com alguns grandes actores. Não esquecer "Tempestade", onde ele dirigiu John Cassavetes, Gena Rowlands, Susan Sarandon, Vittorio Gassman ou Raul Julia, mas a década de oitenta foi bastante desapontante para o realizador, recuperando algum prestígio com "Enemies: a Love Story". "An Unmarried Woman" conseguiu 3 nomeações para o Óscar: Melhor Filme, Actriz (Clayburgh) e Argumento. Jill Clayburgh arrecadou o prémio de Melhor Actriz no Festival de Cannes de 1978.

Link
Imdb

Nenhum comentário: