segunda-feira, 25 de agosto de 2014

A 7ª. Viagem de Sinbad (The 7th Voyage of Sinbad) 1958



O Capitão Sinbad (Kerwin Mathews), navega para Baghdad com a sua noiva, depois de uma missão de paz bem sucedida, ao reino vizinho de Chandra. Ele e  Parisa (Kathryn Grant), a princesa real de Chandra, estão muito apaixonados. Ventos misteriosos têm soprado o navio para fora de rumo faz uma semana, até que eles finalmente conseguem chegar a terra firme, a lendária ilha de Colossa. Quando Sinbad e alguns membros da tripulação desembarcam para reunir provisões, encontram o mágico Sokurah a ser perseguido pelo gigante Cyclops, de quem o mágico roubou uma lâmpada contendo um génio. Eles conseguem fugir da ilha, mas Cyclops reclama a lâmpada mágica, e o mágico não é aquela pessoa boa que aparentava ser.
Alguns filmes assim que são mencionados provocam um sorriso espontâneo. "The 7th Voyage of Sinbad" certamente que é um deles, capaz de gerar grandes sorrisos, e quentes lembranças. Um filme de aventuras, baseado nas aventuras de Sinbad, e com efeitos especiais de Ray Harryhausen, é algo que não podia falhar. O realizador Nathan Juran e Harryhausen trazem os monstros para a tela a um ritmo implacável, como se o filme não tivesse partes chatas.
Sinbad marcou uma nova era para Harryhausen, uma fantasia cheia de criaturas épicas, todas filmadas a cores, e com uns valores de produção de luxo. Foi também a primeira vez que Harryhausen enfrentou o desafio de animar tantas criaturas diferentes ao mesmo tempo, e o resultado não podia ter sido melhor - desde o centauro Cyclops ao duelo com o esqueleto (precursor de uma cena de muito maior escala em "Jason and the Argonauts").
 Como filme de fantasia, "The 7th Voyage of Sinbad" é o filme de fantasia quase perfeito, mantendo o entretimento cinematográfico atemporal, mais de meio século depois de ter sido feito.

Link
Imdb

Nenhum comentário: