quinta-feira, 1 de novembro de 2018

Boy Eating the Bird's Food (To Agori Troei to Fagito tou Poulio) 2002

Um rapaz de Atenas está sem trabalho, dinheiro, ou qualquer coisa para comer. Incapaz de conseguir um emprego na sua área preferida, como cantor, um num call center, o nosso rapaz vive sozinho no seu apartamento, com contas a acumular, e sem meios de sustento ou apoio. Depois de ser despejado recorre a medidas cada vez mais desesperadas para se manter vivo. Só se preocupa com o seu canário, com quem partilha todos os alimentos e água que tem.
O espectro da actual crise económica grega acentua-se nesta impressionante primeira obra, que vê o realismo e a alegoria lado a lado. "Boy Eating the Bird's Food" é um filme por vezes difícil e intenso,  com o realizador Ektoras Lygizos a utilizar a câmara na mão para acompanhar três dias na vida do protagonista. É um filme que comunica em elipses, dando-nos apenas pedaços de informações sobre o porquê do rapaz estar a viver como está. Ideias sobre a dignidade, masculinidade e orgulho estão a ser discutidas aqui, fando tanto sobre a situação grega como da situação em particular do rapaz.
No centro de toda a situação está Yannis Papadopoulos, como personagem protagonista, com uma interpretação quase sem palavras, cheia de desespero e loucura mal disfarçada. Em cada cena, a intimidade do seu retrato (incluindo uma cena de masturbação gráfica) é quase desconfortável, mas decididamente surpreendente.
Embora o filme não seja perfeito, na sua imperfeição, existe também algo de crú e belo, e o nome de Ektoras Lygizos é um nome para seguir no futuro. Por enquanto aguarda-se com expectativa a sua segunda obra.
Filme escolhido pelo Carlos Pereira.

Link
Imdb

1 comentário:

Ванесса disse...
Este comentário foi removido pelo autor.