quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Os Marx no Far West (Go West) 1940


Depois de roubarem 70 dólares de S. Quentin Quayle (Groucho), Joe Panello (Chico) e o irmão Rusty (Harpo) vão para o Oeste. Lá fazem-se amigos de um velho prospector que coloca a escritura da sua terra como garantia para um empréstimo de 10 dólares de Joe. Mal eles sabem que  Red Baxter (Robert Barrat) e John Beecher andam a cozinhas um esquema para usurpar a terra para eles próprios. Vai ser com os irmãos Panello e Quayle recuperarem a escritura e venderem ao velho prospector.
"Go West" era mais um filme da MGM. Bem longe do sucesso dos dois primeiros filmes dos Marx para esta produtora, era mesmo assim bastante superior a outras obras como "At the Circus" ou "The Big Store". Embora os créditos de argumentista tenham sido dados apenas a Irving Brucher, é dito que o argumento foi co-escrito por Buster Keaton. Nesta altura da sua carreira Keaton escrevia principalmente gags cómicos para talentos superiores da MGM. Alguns desses gags contam-se entre os melhores dos irmãos Marx. A gigante perseguição final de comboio, é uma espécie de descendente do triunfante filme de Keaton de 1927, "The General". O filme é muito bem executado, com Groucho e Harpo a aparecerem numa forma que já não era vista há muito tempo.
Como um filme standard para o talento dos irmãos, é muito competente. Por esta altura já toda a gente sabia o que esperar de um filme dos irmãos Marx, e o género western ainda não tinha sido explorado, então esta era a altura ideal, até porque a equipa estava a perder prestígio.
O resultado final seria melhor do que o esperado. Embora uma produção menor na carreira dos irmãos, ainda contém a loucura "vintage" dos melhores filmes dos Marx. Também realizado por Edward Buzzell.

Link
Imdb

Nenhum comentário: