quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Eolomea (Eolomea) 1972



Oito naves de carga desaparecem no espaço sem deixar rasto, no espaço de apenas três dias. A estação espacial "Margot" de repente ficou em silêncio. O concelho do espaço depara-se com um mistério, e a cientista encarregada, Maria Scholl, não vê outra solução senão mandar parar toda a frota de naves neste misterioso sector do espaço. O seu colega, o Prof. Tal, parece misterioso, uma vez que sabe de coisas antes de elas acontecerem. Descobre-se que ele fazia parte do projecto Eolomea, um projecto proibido que nunca teve aprovação superior.
O trailer (visto no DVD de outros dois filmes da DEFA, "The Silent Star" e "In the Dust of the Stars"), sugere que este será um filme de suspense, talvez com um monstro de olhos esbugalhados invisível. No entanto Eolomea tem um conflito invulgar: burocracia centralizada versus exploração espacial. É interessante ver esta idéia num filme da Alemanha Oriental, mas o filme em si é lento e instável enquanto vai mudando de segmentos. Tal como "In the Dust of the Stars" é uma grande metáfora para os ideais comunistas e política sofisticada que são suficientemente estranhos aos olhos ocidentais, para causarem um bom efeito. "Eolomea" trabalha especialmente na abordagem dos problemas da responsabilidade do governo, versus uma parte do objectivo maior da humanidade.
Em comparação com os filmes americanos da época, nos alemães, as mulheres não podiam ter posições de poder sobre os homens a não ser que estivessem apenas a aguardar que os homens a as derrubassem e assumissem o seu lugar. Mas a professora Scholl é capaz de manter toda a sua sexualidade feminina e ainda manter um romance sem perder o respeito pelos seus pares.
Legendas em inglês.

Link
Imdb

Nenhum comentário: