quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

A Culpa Foi do Macaco (Monkey Business) 1931



Mais uma pérola dos irmãos Marx, desta vez passada num cruzeiro. Quatro clandestinos num transatlântico metem-se na maior confusão quando são descobertos pelo capitão.
O cenário do cruzeiro é apenas uma desculpa para mover os irmãos Marx de uma situação cómica para outra, mesmo que não havendo qualquer ligação entre elas. Não que isso seja importante, claro. Pela primeira vez passam uma história directamente para o cinema, evitando as armadilhas do musical da Broadway, as acções dos irmãos Marx tornam-se assim deliciosamente mais transgressoras, atormentando a autoridade não por alguma razão especial, mas simplesmente porque podem. Isto foi uma abordagem que eles construiram com grande sucesso nos seus dois próximos filmes: "Horse Feathers" e "Duck Soup".
Na verdade, os 45 minutos que os irmãos Marx passam a bordo são do melhor da sua carreira, mas, depois de passarem pela alfândega o filme perde em acção e comédia. O final gira em torno de dois gangsters rivais, provavelmente para homenagear os filmes de gangsters que estavam tão na moda, mas não foi uma homenagem tão bem sucedida.
Os irmãos Marx funcionam melhor quando são uma ameaça para a sociedade, mas durante alguns momentos vemos a ordem subvertida, e é um pouco triste vê-los reduzidos ao papel de bobos da corte, mas até lá temos alguns dos melhores momentos desta equipa.
O filme estreou em Setembro de 1931 com críticas bastante razoáveis, chegando a ser comparado com "The Gold Rush", de Chaplin. Apesar de ter gerado lucro, não conseguia entrar na lista dos 10 filmes mais vistos do ano, facto que seria repetido nos dois filmes seguintes, mas já lá vamos.

Link
Imdb

Nenhum comentário: