sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Capítulo 5 - Infantil

 Tartarugas Ninja (Teenage Mutant Ninja Turtles) 1990
Nos esgotos de Nova Yorque, quatro tartarugas e um rato tornaram-se mutantes depois de entrarem em contacto com um líquido radioativo. O rato (Mestre Splinter) por ser mais sábio criou e educou as tartarugas. Ele era um rato mascote de um conhecedor de artes marciais e ensinou as tartarugas a arte do Ninjitsu. Quinze anos depois, uma onda de crimes impera em Nova Yorque,uma misteriosa quadrilha liderada pelo terrível Destruidor é responsável por esses crimes. April O'Neil uma repórter televisiva é atacada quando investigava esta quadrilha e é salva pelas Tartarugas. Depois dos Ninjas do Destruidor capturam o Mestre Splinter, as quatro Tartarugas juntam-se a April e a Casey Jones para salvá -lo e derrotar o perigoso gang.
"The Teenage Mutant Ninja Turtles" foram um fenómeno entre os adolescentes em meados dos anos 80, depois de um humilde inicio nos quadradinhos, expandiram-se com uma linha de figuras de acção que chegaram ao mercado em 1987, coincidindo com uma popular série de desenhos animados que saíu no mesmo ano. Uma explosão maciça de merchandising seguiu-se, incluindo cereais, roupa, jogos de vídeo, e uma disposição infinita de artigos. O filme chegou em 1990, embora estranhamente, apesar do apetite voraz do público, teria de ser uma pequena companhia (New Line), para trazer a história para a grande tela, com um orçamento modesto de 13 milhões de dólares. Viria a render 10 vezes mais só nos Estados Unidos, fora a rentabilidade que conseguia no mercado de vídeo, que estava em altas nesta altura.
A realização era de Steve Barron, um homem mais virado para os videoclipes. O filme teve três sequelas.

História Interminável (Die unendliche Geschichte) 1984
Quando o jovem Bastian "pediu emprestado" um misterioso livro jamais sonhou que ao virar uma página seria levado a um mundo de fantasia onde pudesse ver um caracol de corrida, um morcego planador, um dragão da sorte, elfos, uma Imperatriz Menina, o valente guerreiro Atreyu e uma pedra ambulante chamada Come-Pedra. Vai parar ao estranho mundo de Fantasia, que precisa desesperadamente de um herói para o salvar.
Não é lá muito bom saber que o autor do livro (Michael Ende) quis o seu nome retirado dos créditos finais do filme. "História Interminável" é um filme muito adorado por aqueles que o vêm através dos olhos indiscriminados de uma criança, ou por todos aqueles que se sentem nostálgicos por tudo aquilo que viram na infância. De resto é um filme muito imaginativo, com bons efeitos especiais, e uma espécie de filme de culto para aqueles que viveram os anos 80.
Sendo ele uma co-produção entre a Alemanha e os Estados Unidos, foi realizado por Wolfgang Peterson, realizador alemão que vinha de um dos filmes daquele país mais marcantes dos últimos anos, "Das Boot", e que iniciava aqui uma carreira de sucesso em Hollywood.

O Voo do Navegante (Flight of the Navigator) 1986
Numa noite da Flórida, David (Joey Cramer) desaparece e só regressa oito anos depois. Sem ter envelhecido, David aparenta ter a mesma idade de quando foi raptado por extraterrestres e feito uma grande viagem intergaláctica numa nave espacial. Agora o jovem precisa da ajuda dos seus amigos do outro planeta para voltar ao tempo correcto antes que seja tarde demais...
"Flight of the Navigator" é um filme da Disney, realizado em meados dos anos oitenta que tem os seus momentos, mas que sofre de um argumento extremamente simplista, faltando argumentos para sustentar uma longa metragem. A produção é muito barata, com grande parte do seu orçamento a ser desviado para a nave espacial e para os efeitos especiais, mas tem um grande apelo aos jovens, ou não fosse uma produção da Disney.
A realização estava a cargo de Randal Kleiser, realizador que já tinha a seu cargo dois grandes êxitos dos últimos anos: "Grease" e "A Lagoa Azul". O jovem protagonista era Joey Cramer, e elenco de secundários continha nomes como Paul Reubens (voz de Max), Cliff de Young, Veronica Cartwright (de "Alien") e Sarah Jessica Parker.
Imdb 

Viagem Clandestina (The Journey of  Natty Gann) 1985
Natty Gann é uma jovem que, em fuga, decide atravessar a América para ir ao encontro do pai. Os tempos, difíceis, são os da Depressão, nos anos trinta, quando a luta pela sobrevivência separava famílias. A travessia da jovem Natty é minorada pela sua vontade indómita, e pela companhia de um lobo.
"The Journey of Natty Gann" é um dos filmes mais peculiares da Disney com a sua história de uma jovem que viaja pelo país a tentar encontrar o pai. Hoje em dia pode soar bastante típico, principalmente quando temos uma jovem a fazer amigos tanto humanos como animais, mas esta aventura acaba por ser muito pesada para ser apenas um filme para crianças. Temos uma luta de cães, violência, e até um homem que tenta abusar da jovem. E esse talvez seja o problema de "Viagem Clandestina", que acaba por não resultar bem como filme para crianças, para o qual ele foi feito. De resto, todo o filme é muito bem concebido, com grandes exteriores, uma grande energia e um bom ritmo. Também conseguimos algumas boas interpretações, principalmente no papel da protagonista, interpretada por Meredith Salenger, uma jovem de 15 anos que se estreava no cinema. John Cusack e Ray Wise são os co-protagonistas, sendo a realização de Jeremy Kagan.

Nenhum comentário: