sexta-feira, 19 de agosto de 2016

The Glass Menagerie (The Glass Menagerie) 1973

Amanda Wingfield (Katharine Hepburn) é uma mãe dominadora presa às histórias do seu passado e possui planos irrealistas para o futuro dos filhos. Os seus projetos para a vida das crianças ameaçam até mesmo sufocar a tímida Laura Wingfield (Joanna Miles) e o aspirante a escritor Tom Wingfield (Sam Waterson).
Terceira adaptação desta peça de Tennessee Williams, desta vez para televisão. Três anos depois de  trabalharem juntos em "The Lion in the Winter", Katharine Hepburn e Anthony Harvey voltaram a trabalhar juntos, e num telefilme com um elenco recheado de estrelas. Aqui contava-se ainda Sam Waterston, Joanna Miles e Michael Moriarty. 
Por esta altura, em 1973, já Katharine Hepburn tinha conquistado grande parte dos media, e da indústria de entretimento - excepto a televisão. Já tinha ganho três Óscares (embora nunca tivesse aceitado nenhum), interpretou inúmeros clássicos, triunfou em dramas da Broadway, em comédias, e até mesmo num musical, mas nunca tinha representado para a televisão. . A sua lógica era misteriosa, será que ela propositadamente evitava a pequena tela por considerá-la insignificante, ou será que evitava tornar-se numa estrela ainda maior? Quando o produtor David Susskind lhe sugeriu aparecer numa adaptação para televisão de Tennessee Williams, Hepburn ergueu as suas barreiras habituais. Mas depois do produtor insistir e de lhe garantir todas as suas exigências criativas, Hepburn acabou por aceitar. Ela assinou perante um grande mediatismo, apesar da sua estreia na televisão não ter gerado as audiências que a ABC antecipava. Ainda assim o seu desempenho foi muito interessante. 
Apesar do diálogo poético e do desfecho assombroso, "The Glass Menagerie" foi uma peça que não envelheceu tão bem como outras obras de Williams. Diz-se que Williams se baseou na sua própria família para escrever a peça, o que explica a sua tão rica caracterização. 

Link
Imdb

Nenhum comentário: