terça-feira, 12 de abril de 2016

The Banishment ( Izgnanie) 2007

Alex, Vera, e os seus dois filhos Kir e Eva parecem ser a perfeita família feliz. Sabemos que Alex se envolveu em negócios obscuros na cidade, e que o seu irmão Mark tem ligações criminosas, mas o próprio Mark sente que é melhor ficar longe da família, e Alex leva os seus para o campo, para a casa que antes pertencera ao seu pai, para viver uma vida mais simples. Mas as coisas complicam-se, e, no seu isolamento, Alex e Vera vivem uma experiência frustrante, levando-o a fazer uma confissão. Confuso, furioso, sem saber para onde se virar, Alex é impelido por uma série de acções que vão mudar a sua vida.
Segundo filme de Andrey Zviagintsev, realizador de "O Regresso", é vagamente baseado no livro de William Saroyan, "The Laughing Matter" publicado em 1954. "The Banishment" parece ser feito a partir de "O Regresso", não apenas em termos de estilo e casting, mas também em relação ao seu desenvolvimento temático, o que sugere que Zviagintsev contou com dispositivos já testados, em vez de continuar a desenvolver a sua própria linguagem cinematográfica. Mais uma vez vamos encontrar o actor Konstantin Lavronenko na pele de um pai, que desta vez é pai de um rapaz e uma rapariga. Uma vez mais o tema é focado na paternidade e o amor paternal, embora também se debruce sobre a relação de Alex com a sua esposa Vera, interpretada pela actriz sueca Maria Bonnevie, com um olhar muito mais frio que a sua predecessora, Nataliya Vdovina, a mãe em "O Regresso".
Vera é uma figura enigmática que parece ser tanto uma santa como uma sofredora, por vezes parece tão aberta e outras tão fechada, características que são explicadas apenas no flashback final do filme, deixando o espectador com uma certa ambiguidade em relação a esta personagem. Somos obrigados a seguir cuidadosamente o labirinto construido por Zviagintsev, rico em sugestões e pistas para resolver o enigma do filme. Konstantin Lavronenko ganhou o prémio de Melhor Actor no Festival de Cannes de 2007.

Link
Imdb

Nenhum comentário: