sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Sonhos Húmidos (Wet Dreams) 1974

"Wet Dreams" é uma compilação de curtas metragens sobre sexo, com segmentos dirigidos por Max Fischer, Lasse Braun, Dusan Makavejev, entre outros, incluindo uma surpreendente curta dirigida pelo americano Nicholas Ray. Apesar das origens do filme e a sua produção aparentemente estar perdida no tempo, a internet atribui o filme a um homem holandês rico, descrito como excêntrico. Mark Betz diz que o filme foi produzido pelo International Film Festival Rotterdam, enquanto John David Slocum considera que Max Fischer produziu o filme inteiramente sozinho, teoria essa que seria repetida em 2005, pela Vanity Fair. Quando ao grande envolvimento de Fischer não há margens para dúvidas, e o holandês excêntrico sem nome parece ter sido uma pessoa real, mas nenhum deles parece ter agido em nome do International Film Festival Rotterdam. Apesar de todas as suas pretensões artísticas, "Wet Dreams" parece ser apenas mais um soft porn típico dos anos setenta, embora com uma equipa bastante invulgar. Fischer, junto com outros realizador de uma destas curtas, Dusan Makavejev, fariam um filme de culto sobre o sexo neste mesmo ano, "Sweet Movie".
"The Janitor", o segmento realizado por Nicholas Ray, aparece no final de "Wet Dreams", e é um dos dois segmentos sem sexo explícito ou nudez elevada, descrições deste segmento como "porno" são enganosas e perversas. Ray interpreta um duplo papel como sacerdote de um culto religioso, e como zelador. Filmado num implacável close-up onde a descrição "in your face" seria mais do que uma metáfora, "The Janitor" destina-se, sem dúvida, a ser autobiográfico. 
Legendas em inglês.

Link
Imdb

Nenhum comentário: